quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Propaganda Enganosa


Minha mãe nunca estava satisfeita com o que fazia.

Meu pai era uma distante sombra de ordem e obediência.
Minha irmã achava que o mundo era um completo ‘sim’.

E todo dia a margarina do comercial lambuzava a mesa
na esperança de que ao menos sorrisos amarelos surgissem.




2 comentários: