sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Adormecer



A noite, em negro véu,

vê a vaga volta da vida,
que no dia
se vira
viva.

A vida vaga
agora se vira
na ida erma
ao oculto véu,
sombra cinza,
silente voz
soprando
o silêncio.



Um comentário:

  1. que coisa horrivel!suplico, pare de escrever,por favor!

    ResponderExcluir